Mulher - Voltar a ser você mesma

A Mulher é um templo.

A cultura atual fez com que esquecesse de seu poder.

Poderes de magia, curas e sabedorias. Sua natureza receptiva lhe confere poder de absorver, reter e processar o melhor que a vida oferece.

Séculos de repressão e valorização social da dominação como expressão de poder, criou a crença de que a mulher é incompleta. Uma grande mentira.

Os hormônios começam a produzir envelhecimento e a obedecer​ ​uma programação mental​ senil buscando mesmo destino das antepassadas - ou masculinizada - que valoriza a produtividade e desvaloriza a intuição e sabedorias de autocura. Esta crença gera desconexão da mulher com seu corpo e direito ao prazer e fomenta dependência emocional, que já é transgeracional.

Faz com que a mulher fique aberta e aceite em seus campos físico e emocional qualquer energia, perversidade e abusos de todo tipo, quando oferece sua própria vida e o que tem de melhor, de forma inconsciente,​ ​na busca por um relacionamento​.

Porém, se a sintonia é esta, irá atrair quem não está bem também. Muitas vezes todo o poder de magia, cura e prosperidade da mulher é direcionado - por ela mesma, nesta troca inconsciente - à seu parceiro.

Após acumular decepções, escolhe o bloqueio do amor. A repressão da libido, fruto de rejeição e amarguras - muitas vezes que carregamos de mãe e antepassadas - geram rigidez e bloqueios na vida material e saúde.

O corpo adoece, a alma entristece e, quando​ nada dá certo e estas "verdades sociais" começam a não suprir uma grande lacuna e somatizações no corpo e na sexualidade acumuladas, a mulher começa a se libertar, primeiramente na intenção.

Muitas vezes ainda sem saber como alcançar um estado de Paz e de autopermissão para sua expressão plena e retomada da leveza e espontaneidade.

O caminho de reconexão consigo mesma não precisa falar sobre ou reviver dor nem sofrimento, nem entender de onde vem.

Quando escolhemos ser expressão de Amor pleno, damos a permissão de tudo o que não é a Verdade Pessoal ir embora de nossas células, glândulas, intestinos e memórias.

Tudo pode voltar, então, a ser leve e vitalizado, assim como a Flor, assim como a Terra. Além de vivenciar seu poder natural de viver abundância material, sexual, afetiva e boa saúde. Veja o texto Feminino<->Masculino

Vem ser você de novo. Espontaneidade em corpo-mente-alma.


 

Sentir, pensar e agir em harmonia.

Nossas maiores estruturas são o corpo, o propósito e as relações.
  • Relações dentro do corpo entre suas partes e com os corpos mental, emocional, energético;
  • Relação entre seus arquétipos (aspectos de personalidade e papéis sociais);
  • Relações intra e interpessoais.
  • Fluxo em todas as áreas da vida, se retro-alimentando.

Realinhamos estes elementos, de forma sistêmica e multidimensional, para retomar o fluxo da vida e da realização.Viver como num jogo de xadrez, calculando o próximo passo, controlando e administrando reações, gera tensão e compressão.

Sentidos como dores na coluna, articulações, disfunções hormonais, ansiedade, depressão, pânico, obesidade e outros.

Através de dores físicas e emocionais e na vida material, o corpo tenta nos dizer, à todo momento, o que é necessário.

Nosso cérebro assemelha-se a um hardware que opera com softwares (programações). Desinstalamos juntos este software  e instalamos a programação atualizada.

Considerando que nosso software está instalado em rede com o todo, a transferência de dados é ininterrupta e transforma cada célula nossa em cada segundo, sofremos interferências de forma passiva e impotente várias vezes ao dia. As emoções provocam descargas, com emissão de ondas e direito a curto circuito e arquivos fantasmas, vírus e bugs variados.

Somente quando você toma conhecimento, você tem poder de intervenção.

Treine suas partes a seu favor. Está tudo dentro de você.  

Todas as realidades sonhadas/ desejadas já são reais em alguma dimensão de você.

Materializamos a realidade da dimensão que mais alimentamos.